NFL Draft 2019 – David Montgomery e Justice Hill

Em uma liga onde cada vez mais se busca running backs que possam trabalhar em conjunto, rotacionando entre dois ou três, David Montgomery pode ser um nome bem interessante.

Projeto que deva ser selecionado na quarta, até quinta rodada do draft, mas isso não quer dizer que não possa ter uma carreira interessante na NFL.

Ao longo de três temporadas por Iowa State, Montgomery teve um total de 624 carregadas para 2925 jardas e 26 TDs. Seus anos de sophomore e junior foram muito bons, tendo liderado a Big 12 em tentativas de corridas e em jogadas da scrimmage, além de ter sido segundo e terceiro em 2017 e 2018 respectivamente em jardas e touchdowns.

Sua principal característica são as jardas após contato. E é justamente nesse ponto que o jogador pode encontrar boas opções no draft. Afinal, mesmo desvalorizada, quem não precisa de um running back que ganhe aquelas 2,3 jardas decisivas para movimentar as correntes?

 

 

Justice Hill – Oklahoma State

 

Neste texto separei dois nomes que acredito terem características comuns: Poderão se encaixar melhor em times com alta rotação de running backs. Por isso meu outro destaque é Justice Hill, running back de Oklahoma State.

Ao longo de sua carreira por Oklahoma State foram 632 carregadas para 3539 jardas e 30 TDs. A questão chave para ele não estar alto no meu ranking é que não tem como característica importante a recepção de passes. Não acho que Hill consiga ser o running back principal em nível de NFL de nenhuma equipe, especialmente por hoje em dia se exigir muito mais de um atleta dinâmico na posição.

Projeto que caia razoavelmente no draft, sendo uma escolha de segundo dia, até terceiro. É uma aposta, um talento a ser lapidado. E mesmo assim, acredito que poderá ter futuro na liga sendo um escape e descanso para o corredor (ou os corredores) principais. Tem espaço na NFL para jogadores assim.

 

Compartilhar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *