NFL Draft 2019 – Myles Gaskin e L.J.Scott

Os últimos dois destaques dos textos de running backs (leia os outros aqui aqui e aqui) são Myles Gaskin, de Washington, e L.J.Scott, de Michigan State. Ambos tenho esperanças de ver atuando em alto nível na NFL.

 

 

Começando por Gaskin, que teve uma grande carreira por Washington, totalizando 5323 jardas em 945 corridas e 57 touchdowns ao longo de quatro anos. Seu grande ano foi 2017, onde totalizou 1380 jardas (média de 6,2 por carregada) e 21 TDs.

Seu combine não foi dos melhores, mas são anos e anos de jogos para se analisar. Para mim sua leitura e visão de campo são os pontos principais. A larga experiência pode ser algo usado a seu favor, mas uma desvantagem, visto que foram muitas, mas muitas carregadas.

Acho que Gaskin tem potencial para ser o running back principal de uma equipe da NFL, mesmo que não seja por muito tempo, visto que já tem muita quilometragem no tanque. Tem talento e algo especial. Vejo fazendo uma sólida carreiga na Liga. Projeto que seja selecionado na terceira, no máximo quarta rodada.

 

 

Já L.J.Scott é o oposto de Gaskin em termos de desempenho no combine. Foi um dos principais destaques na posição, abrindo muitas portas por isso.

Viu sua temporada de 2018 encurtada por lesão e justamente por isso um bom desempenho com os holofotes dos olheiros voltados para ele era essencial. Foram 2855 jardas em quatro temporadas por Michigan State, com destaque para 2016, seu melhor desempenho em carregadas, jardas aéreas e corridas, só não sendo em touchdowns.

Alto e forte, Scott pode liderar um ataque corrido com tranquilidade. Tem talento para isso e pode ter futuro na liga. Assim como Gaskin, acredito que seja uma escolha de terceira ou quarta rodada.

 

Compartilhar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *