Time dos 100 anos da NFL – Parte III (Cornerbacks)

Hora de conhecer os cornerbacks que fariam parte do meu time dos 100 anos da NFL.

O primeiro, sem sombra de dúvidas é..

Deion Sanders

O maior cornerback de todos os tempos disputou 188 partidas na NFL, totalizando 53 interceptações, 13 fumbles recuperados e 10 forçados, além de 493 tackles.

Membro do Hall da Fama (classe de 2011), foi selecionado na primeira rodada do draft de 1989 pelos Falcons, e daí para frente foram 2 títulos de Super Bowl, 8 idas ao Pro Bowl e 6 nomeações para o primeiro time All-Pro da liga. Foi considerado o jogador defensivo do ano em 1994, quando atuava pela equipe do 49ers.

Em 14 anos defendeu Atlanta Falcons, Dallas Cowboys, Baltimore Ravens, San Francisco 49ers e Washington Redskins, sendo, também, peça fundamental nos times especiais, especialmente no começo da carreira, tanto no retorno de kickoff quanto no de punt.

Rod Woodson

6 vezes primeiro time All-Pro, Woodson defendeu por 10 anos a aquipe dos Steelers, porém foi nos Ravens onde conseguiu a grande gloria do título da NFL naquela fantástica defesa de 2000. Na época migrou de posição, jogando de safety.

Poucos jogadores foram tão completos como Woodson, capaz de interceptar e forçar fumbles de maneira constante. Muito intenso, terminou sua carreira com 71 interceptações e 23 fumbles forçados. Era, constantemente, o líder do Steelers em tackles.

Além das duas equipes já citadas, atuou também pelos 49ers e Raiders.

Charles Woodson

Campeão do Super Bowl pelos Packers, Charles Woodson também fez história em Oakland, onde atuou por 11 anos (nos cabeças de queijo foram 7). Um fato curioso é que Woodson chegou na NFL como o atual vencedor do Heisman, mesmo sendo jogador de defesa. Coisa que é difícil demais de acontecer, especialmente tendo caras como Peyton Manning e Ryan Leaf atuando e concorrendo ao prêmio.

Aguarda com tranquilidade sua nomeação para o Hall da Fama, onde, merecidamente deve ser selecionado no primeiro ano de elegibilidade. Foi um dos maiores de todos os tempos e eu ficaria chocado se isso não acontecesse.

Era uma das peças principais das duas equipes e terminou sua carreira indo nove vezes ao Pro Bowl, além de ter sido nomeado três vezes para o primeiro time All-Pro. Totalizou 65 interceptações na carreira.

Mel Blount

4 vezes campeão do Super Bowl, Blount totalizou 57 interceptações na liga, naquela defesa do Steelers que tinha caras do calibre de Joe Greene, Jack Ham e Jack Lambert.

Membro do Hall da Fama da classe de 1989, Blount foi um dos jogadores mais intensos a pisar em um campo de futebol americano. Tanto que por causa dele inventaram a tal regra das 5 jardas onde o cornerback não pode encostar no wide receiver. Extremamente físico, tinha grande habilidade em pressionar os QBs também.

Aquela defesa do Steelers fez história com gênios em várias posições, Blount não podia faltar por aqui.

Leia os outros textos aqui e aqui

Compartilhar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *