Time dos 100 anos da NFL – Defensive Ends

Reggie White

O Ministro da Defesa, como era conhecido, teve uma incrível carreira de 15 temporadas, passando por Philadelphia Eagles, Green Bay Packers e Carolina Panthers.

Nomeado para o Hall da Fama em 2006, White teve 13 participações em Pro Bowls, além, claro, de ter sido oito vezes eleito para o primeiro time All-Pro. Foi eleito jogador defensivo do ano por duas vezes, em 1987 e 1998, além, claro, de ter sido campeão com os Packers no Super Bowl XXXI. Faz parte do primeiro time da década de 1980 e 1990, e esteve em 11 das suas 15 temporadas entre os 10 primeiros em sacks. Destaque para os anos de 1987 e 1988, onde liderou a liga com 21 e 18 respectivamente. Era também uma máquina em forçar fumbles, ficando entre os 5 primeiros em três oportunidades (87, 90 e 98). É um dos maiores de todos os tempos, sem dúvida alguma e não podia ficar de fora.

Deacon Jones

Deacon Jones atuou de 1961 a 1974 pelos Rams, Chargers e Redskins. Está no time da década de 1960 e foi eleito 5 vezes para o primeiro time All-Pro, além de 8 vezes no Pro Bowl. Sua camisa 75 é aposentada no Los Angeles Rams, onde fez parte do “Fearsome Foursome”, nome dado a linha defensiva do time, que contava também com Lamar Lundy, Rosey Grier e Merlin Olsen. É um daqueles jogadores que revolucionaram sua posição.

Como os números de sacks não eram contabilizados em sua época, o que se tem é uma estimativa, e nela o jogador estaria em terceiro na história, atrás apenas de Bruce Smith e Reggie White.

Bruce Smith

Primeira escolha geral do draft de 1985, o hall da fama Bruce Smith esteve na NFL por 19 anos, 15 deles por Buffalo e 4 por Washington. Sofreu, junto com toda aquela geração que tinha Jim Kelly como QB, com as quatro derrotas consecutivas em Super Bowl.

Individualmente falando foi uma máquina. 8 vezes selecionado para o primeiro time All-Pro, sendo 5 delas consecutivas entre 1993 e 1997, recebeu também o prêmio de atleta defensivo do ano em duas oportunidades: 1990 e 1996. Além, obviamente, de fazer parte do time da Década de 1990. Foram 11 Pro Bowls na carreira e em 8 temporadas esteve entre os 10 primeiros em sacks na NFL. É o quinto jogador na história da NFL em jogos como titular, com 267.

Gino Marchetti

O mais antigo dessa lista foi nomeado para o Hall da Fama em 1972, 20 anos depois do seu recrutamento pelo Dallas Texans, na segunda rodada de 1952. Na sequência defendeu o Baltimore Colts pelo período de 1953 a 1966, tendo acumulado 7 nomeações para o primeiro time All-Pro, sendo 6 delas consecutivas (1958 a 1962). Por viver em uma época onde poucas estatísticas defensivas eram contabilizadas, resta pesquisar e ler depoimentos, como o de Forrest Gregg, jogador do Packers, que o chamou de “jogador mais completo que ele já enfrentou”. Pesa bastante, não é?

Por fim, foi considerado o melhor defensive end da história do futebol americano quando foi nomeado para o Hall da Fama em 1972. Também algo que pesa bastante.

Merece demais fazer parte dessa lista.

Compartilhar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *