• Mateus Fernandes

Análise do Draft da AFC Leste

Atualizado: Mai 1

Confira o que achamos das escolhas de Bills, Dolphins, Jets e Patriots


BUFFALO BILLS

Jake Fromm chegou a ser cotado como escolha de primeira rodada antes da temporada de 2019.

A peça mais importante adquirida pelos Bills com o seu capital de escolhas é Stefon Diggs, trocado pela escolha de primeira rodada com o Minnesota Vikings. Com isso, Brandon Beane, que vem construindo um ótimo elenco nas últimas temporadas, chegou para esse draft sem muitas necessidades e com sua primeira escolha apenas no segundo dia, mas fez um bom trabalho.

"Eu não necessariamente cheguei e disse: 'Ei, podemos começar a pegar kickers e quarterbacks reservas' e coisas assim. Era mais o sobre o que estava no quadro" - Brandon Beane

Para times com poucas escolhas, ou poucas escolhas no começo do draft, é essencial maximizar o valor de cada seleção. Para Buffalo, duas se destacam: A.J. Epenesa e Jake Fromm. Epenesa caiu muito no último ano em relação a sua coração para o draft, mas é um jogador com grande produção universitária que chega para reforçar uma já excelente linha defensiva, sem a pressão de ser o principal contribuidor nesse setor.


Já Fromm caiu ainda mais que A.J., e o próprio Brandon Beane explicou que não tinha intenção de pegar um QB, mas não poderia deixar o ex-Bulldog passar no quinto round. Fromm é quase o anti Josh Allen, fisicamente medíocre, mas com uma grande mente para o futebol americano, e se Allen não der o salto esperado em 2020 os Bills possuem um plano "B" melhor que Matt Barkley.

Os outros destaques ficam por contra de Zack Moss, running back de Utah que chega para ser o principal complemento a Devin Singletary e substituir o interminável Frank Gore e Gabriel Davis, recebedor de UCF que pode acabar sendo um contribuidor importante em um grupo que, depois de Diggs e talvez Cole Beasley, não tem nenhuma garantia de titularidade.

Nota: 🏈🏈🏈🏈


Todas as escolhas dos Bills:

2º Round

Escolha #54 - A.J. Epenesa - DE - Iowa

3º Round

Escolha #86 - Zack Moss - RB - Utah

4º Round

Escolha #128 - Gabriel Davis - WR - UCF

5º Round

Escolha #167 - Jake Fromm - QB - Georgia

6º Round

Escolha #188 - Tyler Bass - K - Georgia Southern

Escolha #207 - Isaiah Hodgins - WR - Oregon State

7º Round

Escolha #239 - Dane Jackson - CB - Pitt

Não esqueça! Principais aquisições na Free Agency

Stefon Diggs (WR - Vikings); A.J. Klein (LB - Saints); Mario Addison (EDGE - Panthers); Josh Norman (CB - Washington); Vernon Butler (DT - Panthers).

Rookies não draftados.

Reggie Gilliam - FB - Toledo; Ike Brown - CB - FIU; Trey Adams - OL - Washington; Garrett Taylor - S - Penn State; Marquel Harrell - OL - Auburn; Josh Thomas - DB - Appalachian State; Antonio Williams - RB - North Carolina; Brandon Walton - OL - FAU.

MIAMI DOLPHINS

Com 12 escolhas Miami espera que sua reconstrução eterna finalmente termine

Não foi do jeito que se esperava em agosto de 2019, mas o #TankForTua funcionou. Toda essa classe de Miami será definida pelo sucesso do quarterback de Alabama, que poderia muito bem ser o melhor prospecto desse ano se não fosse a lesão no quadril. Em uma offseason que já viu Miami gastar bastante dinheiro para ter um elenco competitivo, Tua, os Dolphins esperam, é a peça final de um processo de reconstrução que está sendo bem mais rápido e menos dolorido do que o esperado.

"Nós fizemos todo o trabalho, nos sentimos bem sobre o nosso processo, e identificamos Tua como o cara quer queríamos selecionar." -Chris Grier

Mas um Tua só não faz verão, e Miami ainda teve outras 11 seleções, incluindo cinco ainda no top 70, para terminar de reforçar seu elenco. Chris Grier e Brian Flores mostraram que sabem por onde construir um time, com três seleções para a linha ofensiva (o long snapper não conta) e outras três para a linha defensiva. Apesar disso, algumas escolhas, como a do tackle Austin Jackson são consideradas questionáveis pelo valor da seleção não necessariamente se encaixar com o nível do prospecto.


É bom lembrar que Miami teria 13 escolhas, mas enviou uma de suas seleções de 5º round para o San Francisco 49ers pelo running back Matt Breida, que foi o único reforço para o grupo de corredores ou recebedores feito pelos Dolphins até a sétima rodada. Isso não é uma preocupação ainda, já que não são posições das mais valiosas e as necessidades do elenco eram outras, mas vamos esperar se Grier não faz alguma movimentação mais ousada para o seu novo QB.


Nas últimas rodadas, um bom valor encontrado por Miami é Curtis Weaver, que foi ultra produtivo em Boise State e pode render muito bem como um pass rusher situacional. No geral, um draft movimentado que adicionou a peça mais importante para o futuro do time e profundidade no elenco.


Nota: 🏈🏈🏈🏈


Todas as escolhas dos Dolphins:

1º Round

Escolha #5 - Tua Tagovailoa - QB - Alabama Escolha #18 - Austin Jackson - OT - USC

Escolha #30 - Noah Igbinoghene - CB - Auburn

2º Round

Escolha #39 - Robert Hunt - OG - Lousiana-Lafayette

Escolha #56 - Raekwon Davis - DT - Alabama

3º Round

Escolha #70 - Brandon Jones - S - Texas

4º Round

Escolha #111 - Solomon Kindley - OG - Georgia

5º Round

Escolha #154 - Jason Strowbridge - DE - North Carolina

Escolha #164 - Curtis Weaver - DE - Boise State

6º Round

Escolha #185 - Blake Fergunson - C/LS - LSU

7º Round Escolha #246 - Malcolm Perry - WR/RB - Navy


Não esqueça! Principais aquisições na Free Agency

Byron Jones (CB - Cowboys); Kyle Van Noy (LB - Patriots); Jordan Howard (RB - Eagles); Emmanuel Ogbah (DE - Browns); Shaq Lawson (DE - Bills); Ereck Flowers (OL - Washington); Ted Karras (C - Patriots); Elandon Roberts (LB/FB - Patriots);


Rookies não draftados.

Benito Jones - DT - Ole Miss; Donnell Staley - G - South Carolina; Tyshun Redner - DE - Middle Tennessee State; Ray Lima - DL - Iowa State; Nick Kaltmayer - T - Kansas State; Kirk Merritt - WR - Arkansas State; Matt Cole - WR - McKendree University; Bryce Sterk - DE - Montana State.

NEW YORK JETS

O elenco ainda é frágil, mas a classe de 2020 promete ajudar bastante o lado verde de NY a sonhar.

A história do New York Jets no draft é, como posso dizer, conturbada. Dito isso, o primeiro draft da era Joe Douglas foi um evento tranquilo para a equipe e, até onde podemos analisar no momento, muito eficiente. Primeiro, Douglas começou com Mekhi Becton, um homem ao mesmo tempo gigantesco e absurdamente atlético que terá a missão de proteger Sam Darnold e tem enorme potencial para fazer isso em alto nível.

"Meu principal objetivo era tentar fazer esse time melhor. Eu sinto que adicionamos muitos jogadores de qualidade, pessoas de qualidade." - Joe Douglas

A prova que essa é uma nova fase para os Jets é que o time não entrou em pânico em relação aos wide receivers, e foi presenteado com Denzel Mims caindo no colo da equipe na segunda rodada. Mims é outro jogador absurdamente atlético e deve contribuir imediatamente, além de ter prometido fazer todos os times que o passaram pagarem por isso.

Outros destaques ficam por contra de Jabari Zuniga, um pass rusher muito produtivo na universidade e mais um jogador que simplesmente caiu para os Jets e Bryce Hall, um cornerback veloz que chega para tentar ajudar aquele que talvez seja o grupo de jogadores mais fraco do lado verde de Nova Iorque.

Nota: 🏈🏈🏈🏈🏈


Todas as escolhas dos Jets:

1º Round

Escolha #11 - Mekhi Becton - OT - Louisville

2º Round

Escolha #59 - Denzel Mims - WR - Baylor

3º Round

Escolha #68 - Ashtyn Davis - S - California

Escolha #79 - Jabari Zunida - DE - Florida

4º Round

Escolha #120 - Lamical Perine - RB - Florida

Escolha #125 - James Morgan - QB - Florida International

Escolha #129 - Cameron Clark - OT - UNC Charlotte

5º Round

Escolha #177 - Bryce Hall - CB - Virginia

6º Round Escolha #191 - Braden Mann - P - Texas A&M


Não esqueça! Principais aquisições na Free Agency

Connor McGovern (C - Broncos); George Fant (OT - Seahawks); Pierre Desir (CB - Colts); Breshad Perriman (WR - Buccaneers);


Rookies não draftados.

Lawrence Cager - WR - Georgia; George Campbell - WR - West Virginia; Shyeim Carter - DB - Alabama; Lamar Jackson - CB - Nebraska; Javelin Guidry - CB - Utah; Jared Hilbers - OT - Washington; Domenique Davis - DL - UNC Pembroke ; Bryce Huff - LB - Memphis; Sterling Johnson - DT - Coastal Carolina.

NEW ENGLAND PATRIOTS

Kyle Dugger foi a surpreendente primeira escolha do New England Patriots no draft.

Pela primeira vez em muito tempo o New England Patriots parece passar por algum tipo de reconstrução. Isso não é só pela saída de Tom Brady, que obviamente é o grande destaque, mas os Patriots deixaram vários outros contribuidores chave como Kyle Van Noy irem embora sem trazer grandes nomes para os seus lugares. Por isso, chegando ao draft a expectativa era que New England fosse talvez mais agressivo, atrás de um quarterback quem sabe, mas o que vimos foi o mesmo Belichick de sempre, trocando para baixo, acumulando escolhas e fazendo algumas seleções que, se fosse qualquer outro GM, seriam bem mais questionadas.

"O ponto principal é que estamos avaliando a posição junto com todas as outras. Se sentimos que encontramos a situação certa, certamente os escolhemos" - Bill Belichick, perguntado sobre não ter escolhido um QB.

As duas principais críticas para essa classe são as ausências, principalmente nas posições de quarterback e wide receiver. A primeira é a maior carência do time com a saída de Brady e a segunda é um problema que parece ser constante nos últimos anos. Após trocar na primeira rodada, Belichick (ou seu cachorro, ainda não sabemos) escolheu Kyle Dugger, um safety versátil mas que provavelmente estaria disponível depois já que veio da minúscula universidade de Lenoir-Rhyne.

Ainda na segunda rodada, New England escolheu Josh Uche, de Michigan, que juntamente com a Anfernee Jenninngs, escolha de terceira rodada, terão a missão de substituir Kyle Van Noy e Jamie Collins. A terceira rodada também trouxe os principais reforços ofensivos dos Patriots, os tight ends Devin Asiasi e Dalton Keene. No geral, uma classe típica dos Patriots. Contribuidores interessantes para a defesa no meio do draft, atletas de escolas pequenas e até um kicker (que já chegou com tatuagens de mau gosto). Seria até ok, se não fosse um time que precisa de muito mais.

Nota: 🏈🏈

Todas as escolhas dos Patriots:

2º Round

Escolha #37 - Kyle Dugger - S - Lenoir-Rhyne

Escolha #60 - Josh Uche - OLB - Michigan

3º Round

Escolha #87 - Anfernee Jennings - OLB - Alabama

Escolha #91 - Devin Asiasi - TE - UCLA

Escolha #101 - Dalton Keene - TE - Virginia Tech

5º Round

Escolha #159 - Justin Rohrwasser - K - Marshall

6º round

Escolha #182 - Michael Onwenu - OG - Michigan

Escolha #195 - Justin Herron - OT - Wake Forrest

Escolha #204 - Cassh Maluia - LB - Wyoming

7º round

Escolha #230 Dustin Woodard - C - Memphis

Não esqueça! Principais aquisições na Free Agency

Brian Hoyer (QB - ; Beau Allen (DT - Buccaneers); Damiere Byrd (WR - Cardinals); Adrian Phillips (S - Chargers)

Rookies não draftados.

Scoota Harris - LB - Arkansas; Kyahva Tezino - LB - San Diego State; Will Hastings - WR - Auburn; Myles Bryant - CB - Washington; J'Mar Smith - QB - Louisiana Tech; Jake Burt - TE - Boston College; Jeff Thomas - WR - Miami; Brian Lewerke - QB - Michigan State; Courtney Wallace - DT - Louisiana Tech; Isaiah Zuber - WR - Mississipi State; Sean Riley - WR - Syracuse; Rashod Berry - TE - Ohio State; Nick Coe - DE - Auburn; Bill Murray - DT - William & Mary; J.J. Taylor - RB - Arizona

45 Jardas

  • Facebook
  • Twitter
  • Spotify
  • Apple Music

© 2020 by 45 Jardas

Newsletter 45 Jardas