• Mateus Fernandes

Power Rankings: Pré-temporada


Setembro sempre chega, e com uma inter temporada tão conturbada, o desse ano pareceu demorar mais ainda. Mas aqui estamos, depois de draft, free agency, trocas, lesões, contratos recordes e muito mais, a temporada 2020 da NFL vai começar.


Mas, antes disso, vamos para aquele grande momento, o primeiro power ranking do ano. Vale lembrar que sim, eu odeio especificamente o seu time e supervalorizo os rivais, qualquer reclamação pode mandar através do twitter ou, ainda melhor, apoia a gente e participa do grupo do Clube 93 no WhatsApp, onde a corneta é constante. Tá bom de papo, vamos ao ranking! 1 - Kansas City Chiefs

20 de 22 titulares e 20 de 21 técnicos da equipe de 2019 estão retornando. Não dá para duvidar do atual campeão, que ainda se deu o luxo de draftar um RB que parece perfeito para Andy Reid na primeira rodada do draft.


2 - Baltimore Ravens

Apesar da decepção contra Tennessee nos playoffs, os Ravens seguem como um dos favoritos para a temporada e com bons motivos. A saída conturbada de Earl Thomas poderia até preocupar se o elenco não fosse tão recheado. Mesmo que Lamar não seja MVP novamente esse time tem tudo para competir por uma semana de folga em janeiro.


3 - New Orleans Saints

Chegamos no ano 3 (ou quatro, depende da sua perspectiva) do all-in do Saints para encerrar a era Brees com mais um anel. O elenco ainda é, de ponta a ponta, provavelmente o melhor da liga. Enquanto Brees ainda tiver gasolina no taque essa equipe vai brigar pela taça, a questão é se ele tem gasolina ainda, por que por melhor que sejam os reservas, ninguém quer que eles entrem em campo (para lançar bolas no caso de Hill).


4 - San Francisco 49ers

O time que perde o Super Bowl tem um hábito de sofrer uma ressaca no ano seguinte, mas não acho que seja o caso desse 49ers. O ataque é feito para funcionar perfeitamente bem com um QB mediano e sem grandes recebedores e a defesa ainda tem todo o talento do mundo mesmo sem Buckner. A divisão é complicada, mas esse ainda é o melhor time.


5 - Dallas Cowboys

O hype é grande em Dallas. Não faltam armas para Dak, que a cada novo QB que recebe um contrato saliva um pouco, o batedor de palmas foi embora e Mike McCarthy manteve Kellen Moore na coordenação ofensiva. Na defesa, a secundária preocupa, mas o influxo de talento veterano no front seven promete, principalmente se Aldon Smith e Randy Gregory ficarem longe de problemas e produzirem bem em campo.


6 - Tompa Bay Buccaneers

Uma curiosidade sobre o Buccaneers de 2019 é que eles tiveram umas das melhores defesas da NFL. A bronca é que não adianta ter uma defesa de alto nível se seu QB é uma máquina de turnovers. Tom Brady, mesmo aos 43 anos, é qualquer coisa menos uma máquina de turnovers. Fica a dúvida se o influxo de talento que o time recebeu vai conseguir criar química com uma offseason tão caótica, mas o talento é mais do que o suficiente para que os Bucs voltem a jogar em janeiro.


7 - Buffalo Bills

Da última vez que se tinha tanto hype em Buffalo Jim Kelly estava lançando bombas para Andre Reed. A questão agora é se Josh Allen vai conseguir acertar bombas para Stefon Diggs. Os Bills possuem uma das melhores defesas da liga e vem investindo pesadamente no ataque. Se Allen for apenas mediano, o que é um grande se, esse time pode brigar com Ravens e Chiefs pelas primeiras posições na conferência.



8 - Green Bay Packers

O Packers foi um 13-3 extremamente enganador em 2019. O ataque não funcionou como devia, o grupo de WR era, e continua, preocupante e a defesa tem talento mas dependeu muito de turnovers. Dito isso, o time ainda foi 13-3 e teve mais uma offseason, mesmo reduzida e com decisões, digamos, questionáveis no draft, para se adaptar a LeFleur. Não espero outro 13-3, mas GB ainda tem talento o suficiente para brigar com os melhores times da liga.


9 - Pittsburgh Steelers

O Steelers teve, por muito, o pior ataque da NFL na última temporada. A volta de Big Ben e a evolução de um jovem grupo de recebedores promete consertar isso. Com uma defesa que deve se manter fortíssima, até uma versão "piorada" de Roethlisberger deve ser o suficiente para que o Steelers garanta uma vaga através do wildcard, especialmente com a expansão dos playoffs.


10 - Seattle Seahawks

O Seahawks, se não tivesse Russell Wilson, estaria bem mais abaixo nessa lista. A linha ofensiva segue problemática, o pass rush é uma série de interrogações e, apesar de um bom corpo de linebackers, secundária e recebedores, o elenco em geral não passa muita confiança. Mas Wilson é um dos melhores QBs da liga e Pete Carroll um dos melhores técnicos. Não dá para descartar os Seahawks enquanto esses dois seguirem por lá.


11 - Tennessee Titans

O hype do Titans cresceu com as grandes partidas na pós temporada mas, é bom lembrar que Tennessee foi um time 9-7, de novo. Dito isso, mesmo que Ryan Tannehill não siga no mesmo nível do ano passado, o que é provável, os Titans possuem talento suficiente para brigar pela divisão e, um Jeffery Simmons saudável pela temporada inteira e a adição de Jadeveon Clowney podem elevar bastante o nível da defesa.


12 - Philadelphia Eagles

As lesões massacraram os Eagles em 2019, e começaram cedo em 2020 com Andre Dillard indo para a Injury Reserve. Mesmo assim, está na hora de Doug Pederson e companhia voltarem a jogar em um nível similar ao de 2017, e provavelmente vai precisar disso se quiser roubar a divisão dos Cowboys novamente.


13 - Minnesota Vikings

O último a sair que apagasse a luz no corpo de cornerbacks dos Vikings. Mas essa debandada foi necessária, agora cabe a quem ficou e chegou elevar o nível. A troca por Yannick Ngakoue ajudou bastante a suprir a saída de Everson Griffen, mas a lesão de Danielle Hunter preocupa. Ofensivamente, a OL continua a ser questionável e é bom que Justin Jefferson produza logo, por que não dá pra depender de Kirk Cousins. Mesmo assim, os Vikings são a maior ameaça para GB na divisão.


14 - Cleveland Browns

Em 2019 coroamos o Cleveland Browns antes da hora, é até comum isso na NFL. Em 2020, com menos hype e um técnico de verdade, é a hora de Cleveland dar o próximo passo e brigar pelos playoffs.



15 - Los Angeles Rams

Mudanças no corpo de técnicos e saídas de alguns jogadores importantes eram esperadas após uma temporada em que os Rams desapontaram. Mesmo assim, esse ainda é um time bem talentoso. Uma defesa ancorada por Aaron Donald e Jalen Ramsey tem um piso alto e o ataque segue talentoso, mas cabe a Sean McVay achar novas formas de fazer Jared Goff funcionar.


16 - Indianapolis Colts

A aposentadoria precoce de Andrew Luck deu uma desandada no que vem sendo uma gestão muito boa em Indy. Agora, com Philip Rivers no comando, Frank Reich e companhia esperam competir em alto nível e dar o próximo passo. O que preocupa é a secundária e o nível de jogo de Rivers, mas não me surpreenderia se esse time for longe.


17 - New England Patriots

Estranho ver essa franquia aqui, mas uma temporada abaixo da média, a saída de Tom Brady (e vários outros titulares) além de alguns opt-outs importantes por causa da pandemia e cá estamos. Mesmo assim, quem acompanhou a NFL nas últimas décadas sabe que duvidar de Belichick não é uma boa, a defesa ainda é recheada de talento e Cam Newton saudável com Josh McDaniels coordenando é, no mínimo, bem interessante.


18 - Detroit Lions

Sempre é alguma coisa com os Lions. Stafford estava voando na temporada passada mas se machucou. Com um QB saudável, é quase garantia de um ataque produtivo e explosivo em Detroit, mas cabe a Matt Patricia fazer com que essa defesa saia do papel e faça parte de um time completo. Existe um caminho para que os Lions sejam competitivos nessa temporada, mas parte muito que seu HC mostre que não é apenas mais um "discípulo de Belichick" que não deu certo.


19 - Houston Texans

Deshaun Watson não merece esse time. DeAndre Hopkins foi embora, a OL ainda é fraca, a defesa é muito preocupante e Bill O'Brien, apesar de bom head coach, não cansa de mandar bola fora como GM. Os Texans podem até ganhar a divisão de novo, mas não é um time feito para ganhar nos playoffs.


20 - Las Vegas Raiders

O Raiders é um time difícil de prever. O ataque foi produtivo apesar do conservadorismo de Derek Carr, e agora tem um corpo de recebedor renovado, mas que vai depender bastante de calouros. A defesa, que viu contribuições importantes de jovens em 2019, vai precisar mais deles e das novas contratações do corpo de linebackers. É um time jovem e com muito potencial, mas talvez 2020 seja cedo demais para pensar em competir com os Chiefs.


21 - Arizona Cardinals

Outro queridinho dos apostadores, os Cardinals também são um elenco que precisa de mais um ano na minha opinião. É difícil que Kyler Murray tenha um segundo ano na liga como Mahomes e Lamar tenham, até por que esses dois chegaram em times prontos para competirem e não jogam em divisões tão intensas quanto essa NFC Oeste. Mas o Cardinals deve competir e incomodar qualquer adversário, a franquia tem um plano e existe otimismo no futuro, mas não espere muito para 2020.



22 - Los Angeles Chargers

Todo ano a mesma coisa. Dessa vez foi Derwin James, que já perdeu tempo na última temporada, a ter se machucado antes de um único snap. O elenco dos Chargers é bom e se reforçou nas áreas que precisava, mas é difícil competir com lesões e saber o que esperar do ataque que, a princípio, será comandado por Tyrod Taylor.


23 - Chicago Bears

Sinceramente os Bears não tem elenco para essa posição no Power Rankins, mas o clima em Chicago é lamentável. Nick Foles custa uma fortuna e não conseguiu suplantar Trubisky pela titularidade, Matt Nagy parece completamente noiado com a posição de kicker e os Bears parecem simplesmente sem direção. Pode ser que com a bola voando as coisas mudem, mas é difícil acreditar em Chicago.


24 - Atlanta Falcons

Esperem pontos. Um ataque com muita qualidade e jogadores explosivos somado a uma defesa questionável no melhor dos cenários é o cenário ideal para muitos pontos e uma campanha que fica por volta de 8-8. Difícil ver um cenário muito diferente desse para Atlanta.


25 - Denver Broncos

O hype também chegou em Denver. Parece que John Elway finalmente encontrou um QB competente depois de tanto errar após a aposentadoria de Peyton Manning, e Elway reagiu investindo muito em talento para que Drew Lock possa ir bem. Mas, a defesa que já era questionável acabou de perder Von Miller e esse ataque talentoso conta com muitos meninos e uma OL ainda em evolução. O Broncos pode ser divertido de ver, mas não necessariamente competitivo.


26 - Carolina Panthers

A defesa do Panthers já não era boa, e sem Luke Kuechly é difícil ser otimista. O time não vai tankar, tem talento demais no ataque com McCaffrey, Bridgewater e bons recebedores (apesar da OL fraca), mas 2020 é um ano para ver o que tem nos jogadores jovens e quais veteranos valem a pena manter por mais tempo.


27 - Miami Dolphins

O tank, no final das contas, nem foi tão ruim assim e trouxe Tua do mesmo jeito. Fitzpatrick será titular e Miami já está tratando de gastar seu espaço no salary cap e suas picks, mas não dá para esperar que o time brigue por playoffs logo de cara.


28 - New York Giants

Daniel Jones não foi necessariamente bom como calouro, mas foi melhor que o esperado, ainda mais dentro de um time tão fraco. A próxima temporada é mais uma para que ele continue a evoluir junto com o ataque e que Joe Judge mostre boas qualidades como HC, já que depender da defesa vai ser próximo de impossível.


29 - Cincinnati Bengals

É tudo sobre Joe Burrow. Tentar proteger Burrow dessa OL péssima, ver se Burrow desenvolve uma boa química com o bom número de armas que o time tem, e dar esperança para a torcida. Se isso acontecer, a temporada será um sucesso em Cincinnati.


30 - Washington Football Team

O nome racista foi embora, apesar de ainda não ter sido devidamente substituído, mas a nojeira fora de campo ainda não. É completamente surreal Daniel Snyder ainda ser dono do time depois das revelações do Washington Post sobre o tratamento dele e de funcionários do clube para com as líderes de torcida e outras funcionárias que trabalharam por lá. A melhor coisa que pode acontecer nessa ou em qualquer temporada para a torcida é que ele venda a franquia. Dentro de campo, é muito bonito ver Alex Smith voltar a treinar e Ron Rivera deve trazer estabilidade para a equipe. Agora é torcer para Haskins mostrar sinal de vida e ver se os bons talentos da defesa se desenvolvem.


31 - New York Jets

O melhor linebacker optou por ficar de fora da temporada. O melhor safety foi trocado para Seattle. O melhor RB parece estar em uma disputa passivo-agressiva com o treinador. O grupo de recebedores é fraco e já está todo machucado. A linha ofensiva é um desastre. Alguém salve Sam Darnold.


32 - Jacksonville Jaguars

#TankForTrevor.

45 Jardas

  • Facebook
  • Twitter
  • Spotify
  • Apple Music

© 2020 by 45 Jardas

Newsletter 45 Jardas